Projeto Adolescentes Mobilizados Pró-Selo

Sobre o Projeto “Adolescentes Mobilizados Pró-Selo”

Este projeto terá abrangência em 154 municípios da Amazônia e do Semi-árido, a partir da estratégia de fortalecimento da participação dos adolescentes em processos democráticos e de exercício da cidadania, em torno dos eixos de avaliação das ações desenvolvidas pelos municípios que pleiteiam o Selo UNICEF: Impacto Social, Gestão de Políticas Públicas e Participação Social. Este último eixo, Participação Social, é fundamental como meio pelo qual os outros dois serão alcançados.

O objetivo que todos desejamos alcançar é a promoção de políticas municipais para garantir melhor qualidade nas áreas de educação, saúde, proteção às crianças e adolescentes, saneamento, meio-ambiente saudável, que será a condição concreta de reconhecimento dos direitos sociais de cada cidadão e a condição para que os municípios alcancem o Selo UNICEF de Município Aprovado. Para que essa conquista se realize, sua presença e participação nos Comitês Pró-Selo UNICEF “Município Aprovado”, edição 2009-2012 é indispensável.

O fortalecimento do movimento dos adolescentes dos Comitês Pró-Selo terá um importante papel na consolidação de movimentos democráticos que contribuem para a construção de um município melhor. Os adolescentes mais conscientes da sua função e mais preparados para atuar no Comitê, poderão construir ferramentas de acompanhamento e monitoramento, assumindo a prática da advocacia social, junto aos dirigentes municipais e de outros órgãos estaduais e federais que atuam no seu município.

A estratégia concebida pelo Instituto Formação, com o apoio do UNICEF, para que se ofereça a oportunidade de preparação dos adolescentes para ocuparem sua função no Comitê será realizada mediante o desenvolvimento do Programa de Formação dos Adolescentes e do Programa de Formação de Dirigentes de Escolas e Educadores. A partir do ano II, este Projeto também contemplará um Programa de Formação dos Dirigentes Municipais.

Ao longo do primeiro ano, 2010, serão construídas articulações com os Dirigentes Municipais, bem como com os professores e dirigentes de escolas do município, cuja finalidade será o estabelecimento de diálogos intergeracionais em prol da garantia e ampliação de direitos das crianças e adolescentes, envolvendo assim as escolas, as famílias, e os conselhos que cuidam do bem-estar e do desenvolvimento das gerações do futuro.

Sobre o Projeto – conhecendo seus objetivos:

Melhorias nas áreas de educação, saúde, proteção e participação social de crianças e adolescentes, a partir da ampliação e consolidação da participação mais atuante de adolescentes nos Comitês pró-selo UNICEF Município Aprovado, edição 2009-2012.

Efeito 1 – Participação atuante e qualificada de dois adolescentes mobilizados em cada Comitê pró-selo.

Desejamos realizar:

– Programa de Formação de Adolescentes Mobilizados.

– Programa de Formação de Dirigentes e Educadores de Escolas Públicas Municipais.

 

Efeito 2 – Disseminação intermunicipal da ação dos Adolescentes Pró-Selo.

Desejamos realizar:

– Documentários sobre os eixos norteadores da avaliação dos municípios.

– Blog dos Adolescentes Mobilizados pró-selo.

– Rede de Adolescentes Mobilizados dos Comitês pró-selo.

 

Efeito 3 Mobilização de novos adolescentes para a participação em prol dos direitos das crianças e adolescentes.

Desejamos realizar:

– Espaço permanente de diálogo dos adolescentes com a cidade.

Estratégias do Projeto

Pretende-se estabelecer como grandes estratégias deste projeto, que se materializarão nas atividades programadas:

a) Formação permanente dos adolescentes participantes dos Comitês e dos dirigentes e educadores de escolas públicas, bem como de dirigentes municipais;

b) Criação de canais de diálogo intermunicipais, inter-setoriais e intergeracionais;

No primeiro ano, iniciaremos a execução do Programa de Formação de Adolescentes e do Programa de Formação de Dirigentes e Educadores de Escolas para a ação com os temas:

1 – Mudanças climáticas o Impacto na vida das Crianças;

2 – Arte, Cultura e Comunicação para a Diversidade Étnico-racial;

3 – Esporte e Cidadania.

Cada pólo escolherá um tema para cada ano de projeto, de modo que no final dos três anos, todos os municípios tenham debatido nas escolas os três temas.

Em cada ano uma escola será escolhida como espaço de experimentação, mas outras escolas serão convidadas para participarem desses momentos e replicarem projetos em suas unidades educativas.

A partir do segundo ano, expandiremos a ação mais sistemática com os secretários municipais a partir do Programa de Formação dos Dirigentes Municipais.

Além disso, trabalharemos com ferramentas de comunicação e de construção de redes intermunicipais e intersetoriais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s