I Encontro do Programa de Formação de Adolescentes Comunicadores – Central de Mídias Alternativas

1381357_393363254123168_1428183705_n

Adolescentes e educadores de seis cidades da região tocantina participaram do I Encontro do Programa de Formação de Adolescentes Comunicadores – Central de Mídias Alternativas, realizado na semana passada, na cidade de Açailândia.

O programa é uma das linhas de ações do projeto Adolescentes Mobilizados desenvolvido em parceria pelo Instituto Formação e UNICEF. O encontro realizado nos dias 27, 28 e 29 de outubro também contou com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Açailândia, que acolheu os visitantes no auditório da secretaria.

Os adolescentes das cidades de Açailândia, Cidelândia, Imperatriz, Itinga, São Francisco do Brejão e Vila Nova dos Martírios estiveram acompanhados por educadores desses municípios e discutiram temas como participação social, direitos, a cidade que temos e queremos, além da relação entre mídia e realidade. Eles também participaram de oficinas práticas de vídeo e fotografia, ministradas por especialistas do Formação. “Gostei muito na hora de ir bater as fotos, pois me senti uma ‘tremenda’ fotógrafa”, ressaltou a adolescente Adrielly Vieira Costa, da cidade de Itinga.

A participação do educador nesse processo de formação foi importante, uma vez que a proposta do projeto é que os adolescentes atuem como reaplicadores das oficinas em duas escolas públicas do município. Para isso o educador irá atuar como um facilitador do trabalho a ser desenvolvido nas cidades.

A produção realizada nas oficinas de mídias teve como conteúdo principal a discussão sobre a cidade que queremos. Objetiva-se dessa forma envolver, ouvir e dar voz a crianças e adolescentes maranhenses na discussão sobre a cidade que desejam. Para fortalecer essa iniciativa será lançada uma campanha com o tem “A cidade que queremos”, na qual se pretende estimular a produção de textos, áudios, vídeos, entre crianças e adolescentes dos municípios envolvidos na ação.

Toda as produções realizadas para a campanha serão publicadas num blog concebido e coordenado pelos adolescentes sobr a coordenação do Instituto Formação. Os  adolescentes serão os mediadores dos conteúdos  produzidos em suas cidades.

Sobre o projeto

O Programa de Formação de Adolescentes Comunicadores – Linha Central de Mídias Alternativas está sendo desenvolvido em três pólos, localizados em regiões diferentes do estado:

Polo 1 – Região Tocantina

Polo 2 – Baixada Maranhense

Polo 3 – São Luís

Pretende-se com essa formação, o fortalecimento da participação cidadã dos adolescentes em suas comunidades e municípios, fomentando entre eles a reflexão crítica sobre sua realidade e a importância da participação política e social dos mesmos para a construção de uma cidade melhor. Esses adolescentes também serão convidados a se aproximarem das atividades do Selo Município Aprovado, desenvolvido pelo UNICEF, cuja nova edição será lançada no segundo semestre deste ano.

Acredita-se que à medida que os adolescentes das cidades contempladas estiverem inseridos em diálogos constantes com outros adolescentes, jovens, educadores, adultos, órgãos públicos e com outros setores de cada sociedade local se ampliará seu processo formativo e de envolvimento com o debate sobre a oferta e a cobertura de políticas públicas, ou mesmo sobre temáticas que lhes interessem diretamente.

O papel dos adolescentes também será reaplicar em duas escolas públicas do município o conhecimento adquirido nos encontros de formação e provocar a discussão na cidade sobre a cidade que temos e queremos.

O próximo encontro será realizado na cidade de Matinha, nos dias 03, 04 e 05 de outubro.

PROGRAMAÇÃO

1º DIA

Manhã

9h30 – Boas Vindas / Mesa de Abertura

10h – Dinâmica de Apresentação

9h30 – A cidade que temos, a cidade que queremos

12h30 às 13h30 – Almoço

Tarde

13h30 – Apresentação Projeto Central de Mídias Alternativas

14h – OFICINAS PRÁTICAS (vídeo e fotografia)

17h – Plenária – Socializado os resultados das oficinas

17h20 – Avaliação do dia

2º DIA

Manhã

8h30 – Dinâmica de Integração

9h – Qual o papel do adolescente e quais competências ele precisa ter para construir a cidade que temos e queremos?

10h30 – Apresentação Publicação Competência para a vida

11h – A Mídia e a minha realidade

12h às 13h – Almoço

Tarde

13h – OFICINAS PRÁTICAS (vídeo e fotografia)

Jovens

16h30 – Plenária – Compartilhando os resultados das oficinas

16h50 – Avaliação do dia

3º DIA

Manhã

8h – Dinâmica

8h10 – Resgate do dia anterior

8h30 – A Campanha “A Cidade que queremos”

9h – Adolescente como Mediador da Realidade – Outra comunicação é possível

9h30 – Oficina Web

11h – Oficina de Vídeo

11h30 – Mostra de vídeo e fotografia

12h às 13h – Almoço

Tarde

13h – Planejamento de Produção e Ações na Escola

15h – Avaliação Final

16h – Retorno para os municípios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s