Campanha sobre trabalho infantil e adolescente.

Fundação Telefônica Vivo, UNICEF e OIT lançam campanha sobre trabalho infantil e adolescente Focada nas redes sociais e com ações presenciais em sete cidades até o final do ano, a campanha terá participação de artistas e gibi da Turma da Mônica. Apesar de atingir mais de 3,6 milhões de crianças e adolescentes, o problema tornou-se “invisível” no Brasil

A Fundação Telefônica Vivo, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) apresentaram hoje, em São Paulo, a campanha colaborativa É da nossa conta! Trabalho Infantil e Adolescente. O objetivo é dar visibilidade ao tema, para que a sociedade civil possa reconhecer situações de trabalho infantil e adolescente e saber como enfrentar o problema, que ainda atinge mais de 3,6 milhões de meninas e meninos no País.
A campanha pretende sensibilizar e potencializar a ação para diversos públicos, incluindo crianças, adolescentes, jovens e especialistas no assunto. A estratégia é propor aos cidadãos que se tornem agentes multiplicadores, produzindo e compartilhando informações nas redes sociais. “O mote É da nossa conta! chama atenção para o aspecto da corresponsabilização da sociedade civil e do Estado na garantia dos direitos da infância e adolescência, destacando um problema que se tornou opaco e culturalmente aceito, mas que de fato atinge milhares de crianças”, explica Françoise Trapenard, presidente da Fundação Telefônica Vivo.
A embaixadora do UNICEF Daniela Mercury e o fundador e coordenador-geral da ONG Doutores da Alegria, Wellington Nogueira, engajaram-se na campanha e gravaram vídeos que serão veiculados nas mídias sociais, enquanto a Mauricio de Sousa Produções fez uma edição especial do gibi da Turma da Mônica sobre a temática.
Estruturada a partir da Rede Promenino (portal de notícias e rede social da Fundação Telefônica que discute o tema do trabalho infantil e adolescente), por meio de seus perfis nas redes sociais, plataforma e novo site, a campanha tem a internet como principal meio, mas prevê ainda intervenções de rua em sete cidades até o final do ano.
Os eventos estão concentrados em outubro, devido ao Dia das Crianças, nas seguintes capitais: São Paulo (SP) – 11/10; Brasília (DF) – 14 a 17/10; Belém (PA) 21 a 24/10; Curitiba (PR) e Fortaleza (CE) – 28 a 31/10. Em novembro, será a vez de Teresina (PI) – 4 a 7/11 e Salvador (BA) – 18 a 21/11. Durante essas intervenções, haverá conversa com os transeuntes e distribuição de gibis da Turma da Mônica; 3.500 adesivos, 50 mil encartes para adolescentes; e 50 mil cartilhas, além de fitinhas para o pulso. A campanha também terá outras peças, como banner humano, cartaz pirulito e camisetas.

  • Mobilização nas redes sociais
  • Protagonismo Juvenil
  • Dados sobre situações de trabalho infantil e adolescente

Saiba mais no www.unicef.org.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s