Os esportes educativos para crianças, adolescentes e mulheres foi o ponto alto em Chapadinha.

Paralelo ao II Seminário do projeto “central móvel de mídias alternativas” da área de comunicação e cultura foi realizado também, em Chapadinha a formação em esportes educativos sob a coordenação de um profissional da Incubadora de Esportes Educativos do Instituto Formação, com a participação de 19 adolescentes, 02 professores de educação física, mobilizador temático, 01 assistente social. Os estudos, os debates ocorreram no auditório e sala do hotel Creusa Lopes; as oficinas práticas, foram no bairro Caterpila.

Com o objetivo de debater conteúdos relacionados à metodologia do futebol de rua de três tempos, a “mediação” como prática educativa inclusiva, estudo da planilha dos esportes de três tempos e vivencia  da modalidade esportiva do futebol de rua com a inclusão de meninas foram iniciados os trabalhos.

Nos diálogos, houve momentos para o diagnóstico das práticas do esporte na cidade, onde os adolescentes e professores admitiram ser forte a ação pelos adultos; as crianças, as mulheres pouco se observa. Destacaram a importância das discussões que traz o selo sobre à prática dos esportes e cidadania e o envolvimento de professores de educação física e de projetos sociais ao movimento.

Diante da realidade exposta, discutiram a possibilidade de realização de trabalhos voltados às crianças, adolescentes, jovens e mulheres. Saiu como demanada a ser planejada.

A vivencia dos esportes educativos inclusivos ocorreu no bairro Caterpila com aproximadamente 60 crianças e adolescentes do projeto Real Brasil. Inicialmente a formadora falou do trabalho que seria realizado, apresentou as adolescentes mobilizadoras do município e demais envolvidos, em seguida foi realizada a prática pelos “adolescentes mediadores”, os dois professores de educação física sob a coordenação do profissional responsável e apoio  da assistente social do município. Foi bem produtivo a vivencia e a participação de todos e todas.

Com o compromisso da continuidade às ações dos esportes inclusivos, os envolvidos concluíram nas atividades no bairro, retornaram ao hotel para realizar a organização do Núcleo de Esporte Educativos de Chapadinha. Participaram da criação do Núcleo as adolescentes mobilizadoras do tema esporte e cidadania, Andressa Henrique de Lima e Hayeska Cristyan da Silva e Silva; os professores de educação física Francisco Barros e Oseas Lopes Filho (Maninho), a assistente social Valéria Régia Almeida Barros e o profissional da Incubadora de Esportes do Instituto Formação Narjara Margarida Freitas.

As atividades de esportes foram encerradas na plenária de apresentação e avaliação dos trabalhos em conjunto com os participantes do II Seminário de comunicação e cultura. Foi uma plenária integrada das duas áreas coordenado pelo Instituto Formação e Comissão Municipal Pró Selo de Chapadinha.

Uma resposta para “Os esportes educativos para crianças, adolescentes e mulheres foi o ponto alto em Chapadinha.

  1. Margarida Freitas

    Ótimo trabalho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s