Programa de Formação de Adolescentes – Redações sobre meio ambiente produzidas no Seminário II – 09 e 10 de outubrde 2010

VANESSA DA GRAÇA SILVA JESUS – Adolescente – Arari

É interessante saber que a reunião faz a força, melhor ainda é ver que nossos jovens são fortes, pois estão unidos em prol de uma causa tão nobre e bela como esta que o pró selo nos oferece: melhorar a vida de crianças e adolescentes de nossos municípios. O pró selo abre uma janela que nos permite também interagir, opinar, e modificar o ambiente em que vivemos (escola, casa…). Eu acredito que juntos podemos sim, muda a meio em que vivemos, não só a natureza, mais também a forma de nos relacionar com as outras pessoas. Por isso é necessário nos unir para conseguir o que muitos almejam que é a qualidade de vida, saúde, igualdade… Enfim queremos ter um mundo bem melhor.

JAMADSON BATALHA – Adolescente mobilizado – Arari

A criança e o adolescente é parte integrante de um processo sócio-cultural. O ambiente em que vivemos, é sem dúvida, um reflexo de quem somos. O esporte e a comunicação são dois grandes fatores que permitem essa troca de experiências. Conciliar esportes e meio ambiente não é fácil, basta querer fazer acontecer. A comunicação é a esfera social de maior amplitude, pois sem comunicação, seríamos ilhas isoladas. O nosso maior medo é de conhecer aquilo que nunca vimos, de buscar horizontes desconhecidos. Lia um pequeno texto que dizia o seguinte: [… Espero que o dia seguinte, seja como um ovo: pequeno, frágil, cheio de vida dentro, cheio de alegria, mas continuo a guardá-lo, para que no futuro aqueles que hoje são base, possam chocá-lo e ter novos filhotes.

ADENILSON – Adolescente – Cajari

O fato que mais me chamou a atenção foi ver aquelas pessoas ajuntando aqueles alimentos estragados. Isso é uma tristeza muito grande de ver essas crianças com aqueles porcos, arriscado pegar algum tipo de doença.

TALIANA – Adolescente – Cajari

O fato que mais me interessou foi o problema que vive afetando todas as crianças, principalmente as da Baixada Maranhense. Isso nos prejudica muito, a nossa saúde e as nossas famílias. E o culpado de tudo isso somo nós mesmos, tanto os jovens, quanto agricultores que vivem queimando e cortando as arvores e jogando lixo nas ruas, nas escadas e rios. Por isso vamos debater, protestar sobre os nossos direitos.

MARNEY MENDONÇA – Professor – Cajari

A problemática das questões ambientais há muito tempo tem sido muitas discussões em diversos lugares do planeta. Hoje, por exemplo, no Seminário de Programa de Formação de Adolescentes, que esta acontecendo em São Luis do Maranhão, não foi diferente, pois a cada dia tem se observado que essa problemática se torna mais complexa, visto que, poucas ações têm sido praticadas para minimizar a situação.

Nesse sentido, ressalta-se a iniciativa do programa supra, uma vez que se acredita que propagar o adolescente para conviver de forma harmoniosa com o ambiente, seja um grande passo para realmente garantirmos a sustentabilidade dos recursos naturais.

 DEISE SOUSA SERRA – Adolescente – Viana

PRESERVAR PARA MUDAR

Hoje vivemos cercados pela natureza, esta que dependemos para tudo. É um caso que sempre esta em evidencia, é o lixo; o lixo que destrói que mata. Preservar a natureza é preciso para nossa sobrevivência. Cuidando da natureza, é um meio de viver bem e estar em contato com aquela que nos faz viver. É de extrema importância para o meio ambiente a preservação.  Lixo colocado em lugar apropriado é um grande avanço. A poluição dos rios, não é legal, então vamos ajudá-los. As plantas, bem cuidadas fazem bem para nossa emoção visual. A nossa natureza é nosso patrimônio, é o que somos. E bem tratada, mostra o que somos de verdade, seres humanos preocupados, conscientizados com o bem, a beleza e a saúde da nossa natureza. Então, cuidemos com responsabilidade. Natureza viva e nos deixa viver.

 RAIMUNDA AUREA COSTA AZEVEDO – Professora – Viana

O meio ambiente é um tema que vem nos preocupando muito nos últimos anos, porque o ser humano é consciente dos danos que o mesmo provoca contra o meio ambiente e não se mobiliza ainda de verdade para combater essa poluição contra o mesmo que é o maior problema. Portanto, a preservação do meio ambiente é de extrema necessidade para que possamos usufruí-lo do que é de mais gostoso na vida que é um ambiente agradável para isso não desmate, não polua, não deixe de proteger o nosso bem que o meio em que vivemos.

AILISE ROCHA MENDONÇA – Diretora pedagógica U E Edith Nair Furtado da Silva – Viana

Após as apresentações dos grupos, vieram as indagações tais como: o que enquanto educadora posso fazer de fato para conscientizar a população sobre a preservação do meio ambiente? Será que os alunos estão sendo sensibilizados sobre a real situação? Sabe-se que devemos ressaltar que nossas crianças herdarão a responsabilidade de cuidar da terra, com esse instituto que á a educação seja mais ampla, que inclua a mudança de foco para termos que ofereçam as ferramentas para construir um futuro sustentável, pois inovações são necessárias para auxiliar o educando a ter uma visão mais ampla dos assuntos citados, envolvendo ensinamentos, instruções que incentivam  o desenvolvimento de habilidade e valores que orientam e façam com que cada um (educador, educando) tenham o mesmo propósito, que é envolver escolas, comunidade a serem sensibilizados sobre como preservar o meio ambiente.

AILISE ROCHA MENDONÇA – Diretora pedagogia U E Edith Nair Furtado da Silva – Viana

O que mais me chamou a atenção foi a preocupação dos participantes do curso em sensibilizar as pessoas sobre a preservação do meio ambiente. Devo ainda ressaltar que não fique só aqui, que possamos levar projetos que serão trabalhados nas escolas, nas comunidades para que aconteça uma conscientização de áreas, reflorestamento, enfim que aconteça um resultado satisfatório.

FELIPE –Adolescente – Timon

A minha redação é sobre o desenvolvimento de minha escola, ela antes era apenas uma sala. No decorrer do tempo ala foi se desenvolvendo e agora ela se encontra  com sete salas e tem da 1ª serie até o primeiro ano, tem ainda 10 computadores com internet.

ERICA PATRÍCIA SANTOS – Adolescente – Timon

Meio Ambiente

O meio ambiente está muito degradado por causa das atitudes dos seres humanos e que são más. A poluição do ar, rios e mares são um dos maiores problemas que nós temos. Gente, não temos que pensar no futuro; futuro, o que será que vem na sua cabeça: será que o mundo de hoje será o mesmo de amanhã, porque se for o mundo vai estar quase acabado por causa de nossas ações. Cuide de nosso planeta, não desmate as florestas, não polua os rios, mares e lagos. Não é com palavras que se resolve os problemas do mundo e sim com ações de respeito a natureza.

 MARLÚCIA OSÓRIO – Dirigente de Escola – Timon

Consumismo e ambientalismo

Hoje percebi uma grande relação entre esses dois temas, pois até então para mim eram temas destinos.  Algo que já sabia, mas não relacionava era que se consumirmos vários produtos e por consumismo, sem perceber as causas que podemos causar com o nosso meio, como por exemplo, calçados (chinelos), compramos por estar na moda, e ai aparece outro modelo e compramos e assim sucessivamente, e vamos deixando aquele primeiro de lado, que logo em seguida jogamos no lixo, o que poderia até mesmo servir para outra pessoa, mas inconsequentemente jogamos fora, poderá causar um dano gravíssimo ao nosso planeta.  E é assim com refrigerantes e outros líquidos de garrafas pets que podemos substituir por retornáveis, etc. Podemos mudar nossas praticas começado por nós mesmos.

 JAIRO SOTERO – Dirigente de Escola – Timon

A União

Toda sociedade tem que se mobilizar para combater todas as maldades que o homem faz contra a natureza. Mas para que isso ocorra cada um de nós tem que mudar pra que possamos criar ações que combata a maldade do próprio homem. Porque só podemos mudar o mundo se transformar o próprio homem. Vamos mostrar mais uma vez que a união faz a força e o trabalho de formiguinha que cada um vai fazer mostrará que sairemos vencedores.

LEONARDO SILVA – Adolescente – Codó

Meu objetivo como representante dos adolescentes do município de Codó:

Enquanto sociedade meu papel fundamental na Comissão Pró – Selo como representante dos adolescentes do município de Codó Maranhão é alcançar através de diálogo melhorias na qualidade de vida de crianças e adolescentes trabalhando na apresentação da metodologia do Selo UNICEF Município Aprovado, fazendo com que todas as crianças e adolescentes se sintam assistidos e com seus direitos garantidos na educação, saúde cultura e no desenvolvimento social, e havendo participação não só do representante ou do articulador, mas de toda comunidade em geral. Sou voluntário no projeto de jovens que é organizado pela Plan (organização não governamental/ voluntário da associação mães e vice presidente da União Jovem do Bairro Santo Antonio de Codó, tendo todas essas funções mas com um objetivo fundamental de está trabalhando voluntariamente com o desenvolvimento comunitário e movimentos sociais. Estou sendo representante dos adolescentes do município de Codó, com muito orgulho para que se possa fortalecer a garantia dos direitos da criança e do adolescente junto com qualquer órgão que reconhece e articulam seus direitos.

ANTONIA – Adolescente – Codó

A aula hoje foi muito proveitosa, tiramos dúvidas, adquirimos maiores conhecimentos sobre a finalidade do Pró – Selo UNICEF, houve uma socialização entre pessoas diferentes que passaram a se conhecer melhor e discutir temas favoráveis a todos nós. Aprender é sempre bom para fazermos coisa certa. Neste dia tivemos a oportunidade de saber a visão de cada um sobre diferentes situações, enfim, não poderia ter sido melhor pois aprendemos e ensinamos e nos descontraímos.

 SOCORRO MAGALHÃES – Dirigente escolar– Codó

Neste primeiro dia achei muito interessante, primeiro a escolha do local do evento, que é bem conveniente com o temas trabalhados, meio ambiente, um local arborizado, ventilado, agradável. Depois com o desenvolvimento dos trabalhos, sem esquecer o delicioso café da manhã. Uma das partes mais interessantes foi a ciranda de apresentação, a escolha das músicas que nos deixou mais leve para o trabalho, os debates, as discussões me levou a pensar que todos os problemas são praticamente iguais, o modo de tratá-los é que é diferente. Gostei muito da apresentação dos trabalhos que foram feitos das mais variados formas, dos filmes que foram apresentados e do trabalho dos facilitadores. Para mim foi um dia riquíssimo.

MARIA LUSIMAR RIOS DE SOUSA – Educadora – Codó

A ilha das Flores

No decorrer do dia observei muitos temas importantes, porem o que mais me chamou atenção foi a situação das mulheres da Ilha das Flores, com a questão das desigualdades sociais e que essas pessoas são e as que mais sofrem com o desequilíbrio do planeta, em todos os sentidos. Primeiro pela falta de oportunidade de ter um trabalho digno para suprir suas necessidades. Segundo, devido as condições sub-humanas não tem como esses indivíduos contribuírem para a preservação do planeta, se ele não tem o mínimo de conforte a qual precisa. É preciso que a sociedade civil organizada volte para essas pessoas no sentido de dar melhores condições de vida, para que essas possam somar forças para juntos cuidarmos melhor do nosso planeta.

SLAYDE RANGELLI SILVA – Adolescente – Axixá

Foi muito significativo todos os vídeos que foram mostrados e trabalhados muito bem. Mas o que me chamou mais atenção foram os trabalhos em grupo sobre os vídeos mostrados, porque todos se conheceram, fizeram amigos, então foi precioso o dia de hoje, eu como jovem aprendi que temos que dar valor até aos resíduos (lixo), pois temos que saber para onde vai, o que fazemos etc. Mas também temos que motivar os outros adolescentes nas propostas de mudança de hábitos. Temos que sensibilizar a todos em questionamentos, palestras e filmes, etc. Por isso eu digo “digam sim a vida e a preservação, pois juntos venceremos o terror da poluição!”

 CLAUDIA MELO DE MEDEIRS – Educadora – Axixá

Preservação do meio ambiente

Preservar o meio ambiente, ainda é um tema bastante polêmico, mas que não é impossível, apesar dos descasos e a ambição do homem, porem cada ser humano terá que fazer sua parte: ter consciência e ser mobilizador, pois cada um fazendo um  pouco no final será bastante. Sabemos que tudo que fazemos de bom ou ruim ao meio ambiente futuramente se concretizará e nos trará conseqüências. Tratando-se de poluição e desmatamento que são dois fatores bastante agressores, é preciso combatê-los, pois tomando iniciativa com certeza termos resultados positivos. Portanto, está sendo de suma importância participar desse primeiro momento de formação pois adquirir novos conhecimentos para poder aplicá-los na comunidade e no município.

CLAUDIANA CONCEIÇÃO SANTOS – Dirigente Escolar – Axixá

Desigualdade social

O que mais me chocou durante o dia de hoje, apesar de já ter visto muitas coisas absurdas acontecerem no meu estado, no meu país e no mundo, foi o filme Ilhas das Flores, um nome lindo e imaginei ver outras imagens que não fossem me chocar tanto, criei uma expectativa muito grande, choquei em ver pessoas serem tratadas como insetos, alimentando-se do lixo, isso dói muito, o ser humano tem que ser tratado com respeito, dignidade e merece o melhor. Parabenizo vocês pela iniciativa de está sensibilizando os jovens para que os mesmos se tornem multiplicadores em suas cidades pela preservação ambiental.

 JANIO ROBERTH CARDOSO MARQUES – Adolescente – Axixá

Relatório sobre o dia de hoje

Vejo que todos estão muito motivados em tentar consertar seus erros cometidos. Pois foi o principal tema discutido, foram mostrados vários vídeos como: um que o homem começou derrubando apenas uma arvore, mas essa arvore derrubou outra, que derrubou outra e assim destruindo toda a floresta, secou os rios, e tudo isso acabou voltando para o mesmo. Tudo que você faz um dia acabará voltando para você.

Preserve seu planeta! Ainda há tempo, basta haver coragem e força de vontade. Uma frase que me chamou bastante atenção foi: “Quando o último rio for poluído, quando o último animal for morto, ai sim o homem verá que o dinheiro não se come.” Em Porto Alegre, são produzido mais ou menos, 500 toneladas de lixo por dia. Liberdade é uma palavra que o ser humano alimenta que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda.

JULIANA DIAS – Adolescente – Loreto

Com esse projeto das parcerias Pró-Selo UNICEF e o Programa de Formação dos Adolescentes, sobre questões sociais, principalmente o meio ambiente, foi possível compreender que existem cidades que se situam em localidades diferentes, costumes diferentes ma com uma coisa em comum, os problemas ambientais. Pude me conscientizar também dos direitos relacionados a toda uma população que estejam ou não sendo reivindicadas. E o que aprendi é que eu posso lutar e conscientizar as pessoas do meu município a tentar combater ou diminuir esses problemas e garantir que esses direitos sejam reivindicados.

EDMILSON BRITO – Articulador – Loreto

Vivemos um momento impar na nossa conjuntura, onde as discussões sobre meio ambiente, sua degradação, bem como sua preservação se tornam cada vez mais necessárias e por vezes até gritantes. Diante disso percebo a importância de uma formação como essa proposta pelo UNICEF para os adolescentes. Pois penso que a partir das idéias aqui inculcadas em suas e nossas cabeças, poderemos enxergar uma luz no fim do túnel da destruição ambiental, mudanças essas furto das ações que esses adolescentes certamente terão e defenderão, fazendo com que o trabalho de formiguinhas, se torne uma guerra de um batalhão de formigas empenhadas por um futuro verde e com ambiente saudável.

LUCIANO SILVA – Adolescente – Buriti Bravo

Hoje no primeiro encontro do “Projeto Adolescentes Mobilizados” vi sobre o desmatamento do meio ambiente, o que esta causando tudo isso e dentro de toda essa causa tem um grande individuo, um principal vilão que é o ser humano. Um exemplo aqui relatado foi um certo filme “Money, Money, trilogia WWF” que mostra o homem fazendo mal para si mesmo, quando corta com um motor serra uma árvore, e essa arvore sai levando outras e desmata toda a vegetação, e o rio acaba secando e isso faz com que os peixes morram e as árvores continuam caindo, e a última arvore que cai acaba prejudicando ele mesmo, ele termina morrendo debaixo da árvore. Outro exemplo foi a família soja, a família é farta, tem muita comida, antes o pai assista TV e vê que a soja está dando lucros e ele resolve desmatar toda a área e plantar soja, ganha muito dinheiro e na hora de comer não tem nada. Isso quer dizer que o dinheiro não traz felicidade e nem faz ninguém viver sem floresta.

ANA BEATRIZ – Adolescente – São João do Sóter

Primeiramente é de muita importância estar participando deste seminário, me capacitando para que eu possa repassar o que aprendi é uma experiência única que nunca tinha vivido. Os tema discutidos foram de grande interesse de todos, onde todos participaram com muita vontade, falando das propostas e como agir diante dos fatos que estão ocorrendo no nosso dia-dia. Cada um falou sobre o que estava acontecendo no seu município e expondo as soluções encontradas. Os grupos estão de parabéns porque souberam repassar o que eles queriam e fizeram todos compreender.

GISELI COSTA – Adolescente – São João do Sóter

Hoje, foi um dia espetacular, começamos com um evento importantíssimo: um debate sobre meio ambiente. Foi dividido em três grupos de pessoas, a equipe que aqui se encontrava e juntos para um debate sobre como estamos tratando o meio ambiente, suas conseqüências e a ação do homem perante esse contexto. Para finalizar cada grupo apresentou seus trabalhos dando no final sugestões de como poderíamos fazer par solucionar essa problemática. O dia por tanto, não poderia ficar melhor com tantos eventos ocorridos. Assim a questão e a moral de todo aprendizado me deixou ciente de que primeiramente, antes de mais nada o homem tem que se reeducar e se conscientizar juntamente com suas ações para melhorar a vida do planeta Terra.

 JOSÉ G RODRIGUES – Dirigente Escolar – São João do Sóter

Idéias de como melhorar o planeta

As idéias formuladas por este congresso foram surpreendentes, pois na verdade podemos ver a capacidade de cada jovem e ter a certeza de que há uma preocupação generalizada em relação ao nosso planeta, as idéias como: consumir refrigerante em embalagem retornável; caminhadas, coleta seletiva de lixo, radio escolar, jornais e outras idéias. Isso me deixou alegre, pois pude ter a certeza de que esses jovens estão no caminho certo da preservação e principalmente de que serão excelentes propagadores do meio ambiente.

CARLOS VITOR DE CARVALHO – Adolescente – Parnarama

Como todos os outros adolescentes aqui presentes, estou realizado em tal participação. A partir desse encontro vejo o mundo com outros olhos, nos transformar em propagadores desse evento, uma tarefa muito divertida porem, um desafio. Algo que chamou-me a atenção foi o tema abordado, meio ambiente. Quem não sabia, agora esta sabendo o quanto que vegetais, animais, dentro outros que formam a biosfera, são importantes para a sobrevivência humana. Por isso fiquem sabendo, respeitem o meio natural para que viva em paz. Desde já tiro o chapéu e bato palmas para um evento tão simples de grande importância para todos os serem vivos.

RENATAA VIVIANE – Adolescente – Parnarama

Toda ação gera uma reação

Em todos os municípios do Maranhão, há muitos problemas e poucas pessoas conscientes de que devemos cuidar e preservar. Mas não é só você preservar e cuidar, você deve conscientizar seus amigos, professores e colegas que devemos ter consciência de que se hoje eu jogar uma sacola no esgota ela vai para o riacho, dos riachos para os rios e do rio para o mar. E quando não tivermos mais nada a fazer saberemos que a minha ação gerou uma grande reação. Uma reação que acabou com o meu mundo e com o dos meus filhos e assim todos nós.

 VILMA MALHERME – Dirigente escolar – Parnarama

Sou Vilma Malherme, diretora, representando o município de Parnarama.

A programação do primeiro dia aconteceu de forma produtiva, os organizadores e articuladores do evento demonstraram segurança, clareza e conhecimento prévio dos temas debatidos, estimularam a integração e participação dos representantes dos municípios, deram oportunidade aos jovens de refletir e questionar o seu papel mobilizador e transformador de uma sociedade mais justa e igualitária. As apresentações dos grupos foram interessantes e complementaram as informações discutidas nos grupos.

Gostei!!

 AMANDA CARDOSO REIS – Adolescente – Lagoa do Mato

Hoje vimos a importância do meio ambiente no nosso dia-dia, se todos parassem para pensar como seria o nosso mundo, de hoje a dez anos , tenho certeza que fariam diferente. O mundo mais do que nunca grita por ajuda, a preservação ambiental. Se todos pensassem em si e nos outros a historia pelo verde seria prestigiosa, se cada pessoa que desmata, plantasse, não teríamos que estar lutando por uma coisa que deveriam ser conscientes em fazer.

 ANDERSON – Adolescente – Lagoa do Mato

O dia de hoje

O dia de hoje para mim foi inesquecível, uma coisa bem abordada foi o meio ambiente, que eu não conhecia, mas agora eu conheço, e se alguém me perguntar eu poderia explicar melhor, um tema que eu adorei foi que o que o homem faz com a natureza ele esta fazendo com ele próprio, pois, o que você faz aqui você paga. Uma frase que adorei foi a seguinte:

“Quando o último rio for poluído e o ultimo animal for morto, só ai o ser humano vai perceber que não se come dinheiro”.

JOSÉ RIBAMAR MUNIZ MATOS JUNIOR – Adolescente – Cachoeira Grande

A nossa conduta

As atitudes que todos tomamos acarretam conseqüências, hora boas, hora ruins, mas como saber o que acontecerá se fizermos coisas como queimadas e desmatamento? Reflita e imagine o que aconteceria se cada um de nós, seres humanos cortasse uma arvore por dia, já o que aconteceria se cada um de nos plantássemos uma arvore por dia. São pequenas atitudes que definem seu perfil de cidadão, coisas simples como aconselhar um mais novo, ou ensinar a um mais velho que nunca é tarde para aprender, aprender que a preservação e educação ambiental não são coisas do passado, mas sim algo que irá definir o futuro. A educação ambiental começa e casa, antes de tentar conscientizar as pessoas, conscientize a si mesmo de que o planeta e nós estamos ligados por um laço de opiniões e ações.

 BRENDA CAROLINE M DE OLIVEIRA – Adolescente – Cachoeira Grande

Monstros, seres egoístas

Com o desenvolvimento de um mundo capitalista, vem o consumismo desnecessário, que é o ato de comprar sem precisar, gastar só por gastar, isso acaba afetando o meio ambiente e toda biodiversidade. O meio ambiente clama por socorro, todos estão conscientes disso, chegam até a estar sensibilizados, mas mesmo assim não fazem nada para mudar essa situação. Há animais morrendo, pessoas passado fome. O ser humano que de humano não tem quase nada, pensa que é o centro do universo, ele vê o tamanho do planeta, mas vive em seu mundinho, ignorando os problemas do resto do planta. Quase todas as pessoas que conheço sabem o quanto um pedaço de papel, que é tão pequeno em comparação com o mundo, agride o meio ambiente, mas eles não se importam, para eles o que conta é o conforto, o luxo, o resultado destes (o lixo) não estão nem ai! Enquanto uns destroem menos, no caso os pobres, outros destroem mais (os ricos), mas todos nós destruímos. Nos mesmo que estamos nesta capacitação, mesmo pensando o melhor para o mundo não nos preocupamos em trazer cada um o seu copo para que não fosse necessário o uso de copos descartáveis , estamos desperdiçando alimentos, usando roupas e papeis extraídos da natureza, sem falar do combustível queimado para estarmos aqui. Dizem que se faz doce com a casca da banana, e porque foi que jogamos tanta casca fora? Por isso concluímos que mesmo sendo monstros egoístas, podemos tentar ser mais humanos e o momento em que voltarmos para nossas cidades resta-nos aplicar o que aprendemos hoje, pois de que adianta cuidarmos de nossas famílias e não cuidarmos de nosso lar.

MUDE O SER HUMANO, O RESTO VEM DEPOIS!!

 MARTEUS SOUSA – Adolescente – Rosário

Como disserem no grupo vermelho que o luxo de hoje pode ser lixo de amanhã. Em minha opinião isso está totalmente correto, mais ele ainda não pode, mas está se tornando uma realidade, com todo o desmatamento e todo desperdício de água. Um dos exemplos mais específicos sobre o assunto é o próprio desperdício de água, pois hoje em dia há varias pessoas que tratam a água como lixo, pois há vários desperdiçadores de água que sabem o valor que ela terá no futuro, mas mesmo assim não se sensibilizam a ter uma atitude mais correta sobre ela. Se nos deixarmos que isso continue acontecendo, teremos varias conseqüências no futuro, para ter esse possível luxo chamado água.

ELIDALVA DA SILVA ALVES – Educadora – Rosário

Realidade cruel

É alarmante a contestação dos aspectos ambientais causados pelos homems e mais alarmante ainda, saber que o próprio homem que discursa, que as vezes lidera campanha de preservação não tenham adotado atitudes que realmente promovam a preservação do ambiente, contribuindo assim para uma melhor qualidade de vida. Espero que esta formação seja o divisor de águas, que os educadores e adolescentes sejam multiplicadores desta idéia, que mobilizem sua comunidade, levando-a a refletir sobre as questões ambientais, interferindo de maneira positiva, buscando parcerias, unido forças para que as gerações futuras possam ter, mesmo que não seja um ambiente inteiro, mas um MEIO AMBIENTE.

 MARIA DE JESUS CUNHA – Dirigente – Rosário

Meio Ambiente

É importante relatar fatos que tanto chama atenção. Durante o período desta formação fiquei encantada com o meio ambiente em que aconteceu o encontro. Um local super agradável, ventilado, arborizado e com o quintal, ou seja, a área descoberta está com o chão cheio de folhas secas de bambu. Então perguntei a alguém do local, porque tantas folhas no chão? Respondeu a senhora, serve de adubo e tem um aspecto natural do ambiente. Este local chama-se Centro de Formação Pirapora, localizado na Avenida do Carmelo S/N, Bairro Santo Antônio – Pirapora em São Luis – MA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s